WINDOWS 10 VS VISUAL BASIC 6

 Tópico anterior Próximo tópico Novo tópico

WINDOWS 10 VS VISUAL BASIC 6

VB / VBA

 Compartilhe  Compartilhe  Compartilhe
#444583 - 18/02/2015 08:02:01

MESTRE
GUARULHOS
Cadast. em:Novembro/2013


Citação:
  Por sorte o sistema antigo tinha alguns fontes q precisei voltar no tempo do cobol, interpretar pra trazer a funcao ao dias de hj, tem uma seria de digitos verificadores q ti e q descobrir pelo fonte original como era feito.....foi outra coisa q enfrentei resistencia do usuario, pq no velho tinha q consultar ir ate o ultimo registro e ai entrar pra incluir e informar o ultimo registro +1, so assim gerava o dv.....eu facilita do todo esse trabalho e tirando a chance de erro, a pessoa se mostra resistente a evolucao, nao ve o passo a frente q esta dando.....


Sofro do mesmo problema na empresa onde trabalho, o sistema aqui é em Vb6 e estou desenvolvendo um sistema em .NET para outros setores da empresa que utilizam caneta, papel e Excell pasmem ..

O Grande inimigo é o Usuário que está ACOMODADO e também resistente a mudanças, dei uma manutenção no sistema em VB6 na parte de orçamentos, onde o dept de custos não enchergava nada o que o dpt. de vendas fazia.. tive que criar códigos aos produtos devido a grande mudança que os produtos apresentam, e pronto aí começou a ladainha dos vendedores reclamando
Citação:
"poxa agora vou terq decorar esses códigos desses produtos? antes era melhor onde apenas informávamos os produtos pelo nome"


Fiz inúmeras pesquisas pra facilitar o trabalho do usuário, coloquei botão com imagem dos produtos que o vendedor clica e  ja lista todos os códigos e descrições dos produtos selecionados e tal bem autoexplicativo e mesmo assim pessoal não sai do comodismo do "JEITO antigo" de trabalhar..

Enquanto rodar o Vb6 beleza, se não funcionar no Windows 10 ai lascou, pq se quiserem atualizar pro Windows 10 não vão poder pq não é  do dia pra noite que se desenvolve um sistema do zero..

_______________________________________________
"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita."
Gandhi.


#444585 - 18/02/2015 09:31:02

CHDSSANTOS
SAO PAULO
Cadast. em:Julho/2012


Concordo com a necessidade de evoluirmos nossos conhecimentos e acho que o que o pessoal esta falando sobre o fim do VB6 é uma realidade, mas também concordo com a citação do GEOVANEPT. E quanto ao Office?
As automatizações de tarefas representam ganhos significativos para qualquer empresa, seja ela pequena ou grande. As áreas de M.I.S. são dependentes da programação em VBA não só aqui no Brasil, mas em todo mundo. Ao acabar com a compatibilidade do VB6 a Microsoft poderia impactar aplicações relativamente novas como Office 360, 2013, etc., todos contam com VBA.


Todos podemos ter QI de quatro dígitos, só colocar os zeros à esquerda...


#444681 - 22/02/2015 14:50:42

CLEVERTON
SERRINHA
Cadast. em:Dezembro/2003


Membro da equipe

Última edição em 22/02/2015 14:51:56 por CLEVERTON

Eu particularmente iniciei no VB6, ainda dou manutenção em dois sistemas VB6, hoje eu programa em C#.
A performance do VB6 é 10 e os aplicativos não descompilam.

Recado aos "modernistas":  
Temos de considerar que a mudança de plataforma/tecnologia não envolve somente o "programador", temos que lembrar o suporte de  sistemas operacionais, licenças e mais licenças de ambos lados. ( usuário e desenvolvedor )

Eu mesmo sou extremamente insatisfeito com a performance de um aplicativo criado em .NET...
Sem falar em um tal de Crystal Report então.. vixe, é tenso.. performance zero.
vc manda carregar  um form com um tabcontrol, datagrid, 30 text  ( sem nenhum dado carregado ) e o bixo dá aquele desenho lento na tela. Isso o cliente tem uma maquina razoável... ( Pentium Dual com 4GB de memória ). Coisa é quando se encontra maquinas de 699,00 pra instalar seu aplicativo.

é realmente muito decepcionante ter conceitos tão avançados de tecnologia/desenvolvimento com baixissima performance.

no momento eu tou paquerando o que é voltado para web, se tem mais liberdade, documentação, elegância e performance para construir. O que ainda deixa a desejar são funcionalidades de E/S ( porta serial , usb, etc ) fisicas com o Dispositivo,  Mas acredito que isso já estejam normatizando.




#444685 - 22/02/2015 20:42:17

NILSONTRES
SAO PAULO
Cadast. em:Março/2012


Última edição em 22/02/2015 20:44:10 por NILSONTRES

CLEVERTON,
Respeito sua opinião, inclusive concordo que o desempenho não é o ideal, mas as vantagens são muitas, para falar a verdade vc é unico que até agora não esta satisfeito com as comparações entre as linguagens, que eu tenha visto, é claro. Entre os pros x contras, os pros são muito mesmo.
Inclusive reclamar do Crystal é covardia, mas entendo, chinguei ele até conhecer realmente tudo do que ele é capaz, para mim uma ferramenta fantástica, resolve demais a minha vida.




#444687 - 22/02/2015 22:58:21

CLEVERTON
SERRINHA
Cadast. em:Dezembro/2003


Membro da equipe
Eu ñ reclamei de recursos. Falei de performance.

Uma simples lista de inventário no crystal demoram 5 segundos para mostrar na tela.

Esses cinco segundos são na minha maquina core i7 8gb memória 2gb de video dedicado e SSD.

imagina meu cliente que tem um celeron com 1gb de memoria.

locais onde é relatório o tempo todo como fábricas que façam "PCP" não é nada legal perder tempo esperando o processamento de um relatório.

Eu ainda "acho" que aplicativos web saiam na frente em quase todos os aspectos hj em dia. Incluindo relatórios.



#444691 - 23/02/2015 00:18:57

PROFESSOR
SANTOS
Cadast. em:Outubro/2011


Citação:
E como fica o Office neste caso? Se o Windows 10 não dá suporte ao VB, certamente os aplicativos do Office também não vão funcionar já que tem por base o VBA.


O MS-Office já pode ser utilizado totalmente on-line, e é nisso  que a empresa aposta já há alguns anos.

Ainda assim, a Microsoft parece que tem planos para substituir o MS-Access, que é o maior dos problemas do Office no quesito de compatibilidade. Com ele, DAO, ADO, RDO e demais bibliotecas também vão "pro espaço". Para ocupar o "nicho" do Access, os planos incluem um mecanismo similar ao do SQL Server CE, uma interface baseada no Lightswitch e um conjunto de APIs mais leve. No quesito Desenvolvimento, ainda não sabem se os aplicativos gerados pelos poderão ser distribuídos como EXE ou se serão templates baseados em nuvem.

Por puro saudosismo e falta de bom senso, acho legal que ainda existam tantos desenvolvedores VB6, CA-Clipper, Paradox, FoxPro, dBase e tantas outras tecnologias que nos marcaram desde o final da adolescência da minha geração.

Ah, se na minha época áurea de desenvolvimento houvesse um VB6, ou mesmo um VB5, tinha feito história. Hoje eu estaria de férias na Dinamarca, relaxando, comendo caviar russo com croutons de amêndoas de Portalegre do Alentejo só para dar crocância e bebendo ponche de champagne francesa com guaraná brasileiro da Antártica, só de camarote, sem viver a falta de água (ou vontade política?) de São Paulo ou os saltos no custo da energia, sem falar nos sustos com as caretas dos políticos.

O VB6, para minha surpresa pessoal, segundo a própria Microsoft, novamente não vai perder toda a sua funcionalidade no Windows 10, e provavelmente ainda ficará por aí pelo mercado até 2025, mesmo contrariando a vontade do fabricante. Ao que parece, está mais fácil tirar o VB.Net da praça do que o velho fusquinha-guerreiro, VB6, que até subiu dois décimos no ranking do TIOBE, ainda que impulsionado pelo VBA.

Mas é assim mesmo que a vida é. Tempo é o senhor de todas as coisas terrenas. Nada resiste á ele, nada o perturba, nada abranda sua insaciável sede de entropia. Há muito tempo havia um comercial de TV com o jingle: "O tempo passa, o tempo voa, e a poupança Bamerindus continua numa boa...É a poupança Bamerindus !".

Bem, a poupança Bamerindus já se foi faz tempo. Para o tempo, não importa dinheiro, poder, tecnologia, qualidade, nada. Nosso VB6 vai seguir a reta final de sua trajetória como qualquer um de nós, á seu tempo, inexoravelmente rumo ao nada, ao pó, ao esquecimento, e assim como nós hoje não sabemos absolutamente nada sobre a vida e a luta de nossos trisavós, nossos trinetos nem saberão que um dia houve algo chamado VB6.

Só me atrevo em dizer que pensem muito bem.
Programador e historiador são duas profissões diferentes.

T+

Voltei, mas só estou de passagem.

#444695 - 23/02/2015 10:12:17

NILSONTRES
SAO PAULO
Cadast. em:Março/2012


PROFESSOR,
Citação:
  Ah, se na minha época áurea de desenvolvimento houvesse um VB6, ou mesmo um VB5, tinha feito história. Hoje eu estaria de férias na Dinamarca, relaxando, comendo caviar russo com croutons de amêndoas de Portalegre do Alentejo só para dar crocância e bebendo ponche de champagne francesa com guaraná brasileiro da Antártica, só de camarote, sem viver a falta de água (ou vontade política?) de São Paulo ou os saltos no custo da energia, sem falar nos sustos com as caretas dos políticos.





#444728 - 24/02/2015 08:59:35

PAULOHSV
SANTANA DA VARGEM
Cadast. em:Fevereiro/2004


Quanto tempo eu não aparecia por aqui, bom ver alguns "velhos" amigos aqui ainda.

Eu ainda trabalho com vb6, dou suporte em 3 programas. E por incrivel que pareça ainda dou aula de vb6 no curso de informática, neste caso usamos o vb6 para introdução a programação e apartir do segundo módulo os alunos começam a programação em Java.

Mas o que o Cleverton falou é pura verdade, a performace do vb6 é muito boa, quero ver instalar programas pesados nestes computadores com processador Atom.

Pesquise antes de POSTAR se postar não ESQUEÇA DE ENCERRAR


#444827 - 27/02/2015 10:14:59

FOXMAN
BARRETOS
Cadast. em:Janeiro/2001


Membro da equipe
Para o pessoal que está falando sobre desempenho em equipamentos desatualizado.
Para isso serve os REQUISITOS DO SISTEMA.

Já falei que tudo evolui.... ABSOLUTAMENTE TUDO. Inclusive o parque de máquinas do seu cliente. Se você tiver ponto favorável com seu cliente e ele confiar em você , certamente ele irá atualizar os equipamentos.

Por isso que digo. Não basta ser apenas um DESENVOLVEDOR, tem que ser um Consultor de Tecnologia, guiar seu cliente para o caminho que proporcionará mais conforto ao seu sistema. Lhe oferecer vantagens na atualização do seus esquipamentos.

Sei que existe um custo com licenças, mas vale a pena o investimento.

PROFESSOR, fiz uma pequena viagem no seu comentario .... perfeito.

Citação:
  Ah, se na minha época áurea de desenvolvimento houvesse um VB6, ou mesmo um VB5, tinha feito história. Hoje eu estaria de férias na Dinamarca, relaxando, comendo caviar russo com croutons de amêndoas de Portalegre do Alentejo só para dar crocância e bebendo ponche de champagne francesa com guaraná brasileiro da Antártica, só de camarote, sem viver a falta de água (ou vontade política?) de São Paulo ou os saltos no custo da energia, sem falar nos sustos com as caretas dos políticos.



Grupo DotNet.Br no FaceBook



#444841 - 27/02/2015 21:54:47

CLEVERTON
SERRINHA
Cadast. em:Dezembro/2003


Membro da equipe
Citação:
  Para o pessoal que está falando sobre desempenho em equipamentos desatualizado.
Para isso serve os REQUISITOS DO SISTEMA.


Requisito de sistemas ?
meu amigo, vc deve ter uma empresa do tamanho da M$ pra instalar seu sistema onde os requisitos sejam atendidos.

Aliás, nem a microsoft consegue cumpri com qualidade quando exige recursos de hardware, Imagina eu, mero mortal ,que depende de tecnologia e OS dos outros.

Eu não sei qual o patamar dos seus clientes, mas no meu caso tenho que fazer com meus programas rodem em ATOMs, Celerons e por ai vai...

Performance é um dos motivos que vai me fazer migrar 80% dos módulos para programas que rodem em navegador, só não vou migrar aplicativos que conversem fisicamente com os dispositivos.



 Tópico anterior Próximo tópico Novo tópico


Para responder este tópico o login é requerido
Se você já possui uma conta de usuário por favor faça seu login
Se você não possui uma conta de usuário use a opção Criar usuário